Páginas

domingo, 23 de maio de 2010

-



O mundo gira, as cores brilham a todo instante em meus olhos,
a música me toma por completo, sinto a batida e começa.
Meu corpo já reage a cada som,
meus pés estão tentando achar um ritmo,
e nada mais me importa ali, somente eu e a música.
Nem eu mesma sei o que é isso,
e também não estou preocupada em tentar entender agora.
Na verdade, não quero mais entender nada.
Não quero mais saber de nada,
e muito menos de alguém.
Just me.
Meu corpo, e a batida alta em meus ouvidos.
Festa.
E por algumas horas não lembrei de você,
não me importei com você, nem ao menos queria ver você.
Minha vida poderia ser assim, uma festa,
meus pensamentos então estariam livres,
minha cabeça estaria livre e o melhor,
eu estaria livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário